Aggreko | Refinarias

Geração de energia e resfriamento temporários: conheça as soluções Aggreko para as refinarias

A indústria de refino brasileira é um dos principais focos de expansão do setor para os próximos anos. O refino é uma etapa de transformação de alto valor agregado para a indústria petrolífera e desempenha um papel estratégico na cadeia produtiva. Atualmente, existem 11 refinarias no país, com capacidade para processar 1,9 milhão de barris diários.

As soluções da Aggreko de fornecimento de geradores de energia e controle de temperatura já atenderam algumas das principais refinarias do país. São elas :

Principais serviços em geração de energia e resfriamento temporários

  • Lidar com as limitações sazonais de resfriamento do processo
  • Substituição da torre de resfriamento em caso de emergência
  • Resfriamento temporário durante os reparos e restruturações
  • Redução da temperatura de descarga térmica
  • Alteração do catalizador
  • Suplemento de ar para unidades de processamento
  • Soluções para as limitações operacionais do processo
  • Adequação às conformidades e problemas ambientais
  • Resposta imediata para falhas não planejadas no processo 
  • Paradas e restruturação do fornecimento de energia elétrica, aquecimento, ventilação e ar-condicionado
  • Aumento da confiabilidade no equipamento
  • Equipe de profissionais qualificados e suporte ao processamento

A Aggreko está comprometida em fornecer os melhores padrões de desempenho a qualquer momento e em qualquer lugar. Nós ajudamos a manter a produção e a lucratividade em alta, proporcionando valiosa economia de custos e tempo.

Segue nosso novo contato da Aggreko Brasil: Jaguariúna Park Industrial - Praça Emilio Marconato, n. 1.000, Galpão G45 Cidade de Jaguariúna, Estado de São Paulo - CEP 13.820-000

(019) 3867 6650

Solicite um Orçamento

Aggreko in Refining

Mais informações

Situações Recorrentes nas Refinarias

  • Redução do excesso de gás-combustível.
  • Aumento de taxas de alquilato.
  • Problemas de corrosão e alto consumo de ácido.
  • Redução de temperaturas. 
  • Melhora da qualidade e das taxas do produto.
  • Melhoria na eficiência operacional e redução de custos.
  • Redução de custos e de tempo de parada para manutenção.
  • Redução do tempo de parada emergencial
  • Prolongamento da vida útil do equipamento avariado.
  • Fornecimento de serviços de utilidade pública para a construção e edificação em locais remotos.
  • Redução na emissão de agentes nocivos ao meio ambiente.